Arquivo da categoria: Microsoft Intune

Windows Intune: Parte 05 – Requisitos do Cliente

Finalmente, conforme o prometido eu estou de volta com mais um artigo, agora falando sobre os requisitos técnicos para o Windows Intune. Pelo que você deve ter percebido no título eu já comecei falando dos requisitos para instalar o cliente do Intune, pois como se trata de uma solução na nuvem você não precisa se preocupar com requisitos dos servidores do Intune, da topologia a ser desenhada e afins, é isso que é bacana, quanto mais você precisar utilizar, mais o serviço poderá te oferecer, mesmo porque é esta uma das principais características da nuvem, não é mesmo?

Portanto, o cliente do Intune está disponível através da console web, uma vez que você tenha acesso ao serviço, faça login, acesse a console e vá até o painel Administração. Já no painel clique em Download de Software Cliente, e você terá acesso aos dois tipos de cliente, uma x86 (de 8.7 MB) e outro x64 (de 11.6 MB), conforme abaixo:

image

O interessante é que você consegue acompanhar quantos clientes já estão instalados, de acordo com o total possível (que a empresa adquiriu), e seguindo as limitações do beta eu tenho permissão de instalar apenas 25 clientes para testar. Outra informação legal disponível na tela é um aviso, dizendo que você deve esperar 30 minutos antes de realizar as etapas de acompanhamento, o que definirá o sucesso, ou não, da instalação. Falando nisso, é importante saber que o cliente do Intune pode ser instalado em sistema operacional x86 ou x64 das seguintes versões do Windows:

· Windows 7 Enterprise, Ultimate e Professional

· Windows Vista Enterprise, Ultimate e Business

· Windows XP Professional com SP2 ou SP3

Caso estiver instalando o cliente do Intune no Windows 7 ou Windows Vista não há nenhum outro requisito adicional, porém se estiver usando o Windows XP é preciso que o computador possua um processador de no mínimo 500 MHz e 256 MB de memória RAM, ao menos. E mais, se o Windows XP estiver com o SP3 os requisitos param por aqui, mas se o Windows XP estiver com SP2 os requisitos abaixo precisam ser instalados também:

· Forefront Client Security Filter Manager QFE for Windows XP/SP2

· Microsoft Core XML Services (MSXML) 6.0

· Microsoft Core XML Services (MSXML) 6.0 Service Pack 2

Para instalar o cliente do Intune em um computador será necessário estar logado com uma conta que tenha permissões de administrador no computador em questão. Como os arquivos de instalação são MSI você tem diversas possibilidades para realizar a sua distribuição em massa, basta utilizar um processo já disponível na sua empresa. Outro ponto muito importante é que, como a console web é o local centro das atividades realizadas por nós devemos lembrar que é preciso utilizar o Internet Explorer 7.0 ou superior, com suporte ao Silverlight 3.0, para acessá-la.

Veremos então no próximo artigo como instalar o cliente do Intune, nas suas duas versões disponíveis.

Obrigado pela leitura e até a próxima publicação,

Abraços.

Cleber Marques

http://msmvps.com/blogs/clebermarques/archive/2010/09/04/windows-intune-parte-05-requisitos-do-cliente.aspx

Windows Intune: Parte 04 – Os Relatórios

Nós estamos quase chegando aos artigos técnicos desta série, mas antes queria comentar com vocês um pouco sobre os relatórios oferecidos pelo Windows Intune. Existem quatro relatórios principais no Windows Intune que favorece o acompanhamento de algumas funcionalidades. Esta é uma tarefa muito importante a ser seguida, o acompanhamento, pois será aqui que iremos saber se o ambiente está ou não em conformidade com o que pretendemos para o ambiente.

Porém, se estes relatórios não atenderem completamente a sua necessidade é possível exportarmos os dados para arquivos CSV e utilizarmos outras ferramentas para esta análise, como o próprio Excel. Entenda os relatórios através das palavras descritas no próprio Windows Intune:

· Relatório de Atualizações

O relatório de status de atualizações pode ajudar a identificar rapidamente as atualizações que não puderam ser instaladas nos computadores da sua organização, determinar quantas atualizações são necessárias pelos computadores e verificar quantos deles possuem uma atualização instalada. Você pode selecionar critérios de relatório para exibir uma lista de atualizações com base em produtos ou categorias de produtos, classificação (como Atualizações de Segurança), avaliação do Microsoft Security Response Center, status de instalação, os grupos de computadores aos quais as atualizações estão destinadas, bem como a aprovação efetiva para esses grupos.

· Relatório de Softwares

O relatório de softwares mostra uma lista de aplicativos que estão instalados em computadores na sua organização. Além de mostrar esses aplicativos, o relatório também mostra seus respectivos números de versão. Você pode usá-lo para planejar aquisições futuras e para compreender melhor as necessidades de software específicas dos usuários de computadores na sua organização.

· Relatório de Aquisição de Licenças

O relatório de aquisição de licenças permite comparar títulos de software inventariados habilitados para licenciamento por volume que se encontram em grupos de licenças selecionados com a cobertura atual dos seus contratos de licença para esses títulos de software de acordo com o Microsoft Volume Licensing Service. Um relatório de aquisições pode ajudar a obter informações sobre possíveis defasagens na cobertura de contratos de licença que a sua organização possa ter.

· Relatório de Instalação de Licenças

O relatório de instalação de licenças permite comparar os softwares que foram descobertos nos computadores que você gerencia usando esse serviço com a cobertura atual dos seus contratos de licença pra essas famílias de produtos. Relatórios de instalação podem ajudar a determinar se a sua organização tem uma cobertura adequada de contratos de licença para todas as instalações de um produto nos computadores de um grupo selecionado.

E a melhor parte, os computadores não precisam estar online no momento que executarmos um relatório, pois toda a informação necessária já estará disponível para o relatório com base na última vez que cada computador esteve online. Aqui, quem já está acostumado com o System Center Configuration Manager (SCCM) pode se sentir um pouco limitado, mas eu não acho que a solução fique devendo em qualidade, apenas é um ponto mais simples e que podemos tratar com alguma alternativa.

Agora sim, eu prometo que no próximo artigo iremos abordar de vez mais detalhes técnicos sobre o Windows Intune e conhecer melhor o cliente do produto.

Obrigado pela leitura e até a próxima publicação,

Abraços.

Cleber Marques

http://msmvps.com/blogs/clebermarques/archive/2010/09/03/windows-intune-parte-04-os-relat-243-rios.aspx

Windows Intune: Parte 03 – Visão geral das funcionalidades

O Windows Intune trabalha na nuvem, assim como o Windows Update e o Microsoft Update, porém o Intune vai precisar apenas da instalação de um cliente em cada computador, ao contrário dos outros dois serviços citados que para atender empresa de médio porte de forma organizada e controlada necessita de uma infraestrutura local com o WSUS. Além disso, veja abaixo o que o Intune oferece sem a necessidade de termos infraestrutura local:

· Gerenciamento de Atualizações: Gerenciamento centralizado da distribuição de atualizações disponibilizadas pelo Microsoft Updates, incluindo Service Packs, para todos os computadores com o cliente Intune.

· Proteção de Computadores: Proteção contra Malware e as mais recentes ameaças através do Microsoft Malware Protection Engine, utilizando a mesma tecnologia do Forefront Endpoint Protection e Microsoft Security Essentials.

· Monitoração Proativa: Recebe alertas sobre atualizações e ameaças que possibilitam a identificação e resolução de problemas de forma proativa, antes mesmo de impactar o negócio da empresa.

· Assistência Remota: Ajuda na resolução de problemas de forma remota, possibilitando a ação de um analista técnico sobre um computador, diminuindo a necessidade de atendimento local.

· Inventário de Hardware e Software: Possibilita o acompanhamento de inventário sobre Hardware e Software, de modo que forneça informações sobre os ativos, licenças e conformidade para todo ambiente gerenciado.

· Aplicação de Políticas de Segurança: Gerenciamento centralizado das configurações para proteção contra Malware, firewall e atualizações, até mesmo se o computador estiver fora da rede da empresa.

Todas estas funcionalidades podem ser utilizadas pelos analistas de TI da sua empresa de forma remota, através da console que tem o acesso controlado com base nos direitos de cada analista. Apesar de gerenciarmos apenas desktops (não servidores), estes podem ser físicos ou virtuais, pois o Intune atenderá perfeitamente qualquer ambiente neste sentido, desde que o sistema operacional, físico ou virtual, atenda aos requisitos mínimos da solução, algo que veremos mais adiante em outro artigo.

Então, neste sentido podemos observar que com o Windows Intune é possível substituir a infraestrutura local com WSUS, substituir nosso antivírus e até o sistema de acesso remoto utilizado atualmente, e ainda contando com um grande diferencial, o Intune não requer que os computadores estejam em um domínio Active Directory, ou seja, trabalha muito bem com computadores no domínio ou em grupo de trabalho. Vamos ver no próximo artigo um pouco mais de detalhes sobre os relatórios disponíveis no Intune.

Obrigado pela leitura e até a próxima publicação,

Abraços.

Cleber Marques

http://msmvps.com/blogs/clebermarques/archive/2010/09/03/windows-intune-parte-03-vis-227-o-geral-das-funcionalidades.aspx

Windows Intune: Parte 02 – Benefícios do Intune

Após a introdução comercial ao Windows Intune, vamos continuar agora com este assunto que ainda vai ter muito pano pra manga.

Então quer dizer que, para usar o Windows Intune vou ter que atualizar todos os computadores da minha empresa para o Windows 7? Com certeza não, como nós veremos mais adiante, o Windows Intune trabalha com o Windows XP, Windows Vista e Windows 7 (por enquanto apenas com desktops mesmo), mas, um dos grandes benefícios de adquirirmos licenças do Intune é que teremos o direito de instalar o Windows 7 nos computadores Windows XP/Vista com Windows Intune implementado, sem nenhum custo adicional além o da licença pelo Intune, mas isso é totalmente opcional.

Se eu já tenho o System Center Configuration Manager (SCCM) ou algum outro produto de gerenciamento instalado nos meus computadores eu não poderei usar o Windows Intune? Não há problemas neste cenário, os seus computadores podem ter o SCCM (ou System Center Essentials) ou qualquer outro produto de terceiros gerenciando o ambiente, o Intune poderá ser utilizado, claro que, será preciso realizar testes antes para acompanhar o funcionamento do Intune no mesmo computador que alguma outra tecnologia, pois devida a grande quantidade de produtos no mercado não foi possível realizar testes com todos os existentes, logo, cabe a nós tomarmos esta providência.

Bom, já que esclarecemos algumas dúvidas que podem ter ficado desde o último artigo, vamos dar continuidade ao nosso estudo sobre o Windows Intune.

A princípio o Intune estará disponível nos seguintes idiomas: Inglês, Francês, Alemão, Italiano, Japonês, Coreano, Português (Brasileiro), Russo e Espanhol. Também devemos entender que, a partir do momento que instalarmos o cliente do Intune nos computadores da nossa organização isso não quer dizer que a Microsoft irá gerenciá-los para nós, o papel da Microsoft será apenas fornecer a infraestrutura na nuvem para o Intune, e a equipe de TI da empresa deverá gerenciar o ambiente com esta ferramenta. Agora, contando que estamos no beta 2, o que o Windows Intune oferece? Veja:

· Gerenciamento de Atualizações (Patches)

· Proteção de Computadores

· Monitoração Proativa

· Assistência Remota

· Inventário de Hardware e Software

· Aplicação de Políticas de Segurança

Acompanhe abaixo uma breve comparação entre os benefícios do Windows Intune e os benefícios de alguns outros produtos oferecidos pela Microsoft:

image

Observações sobre as marcas na tabela acima:

1. O Windows Intune não distribui atualizações de terceiros.

2. Suporta sistema operacional cliente.

3. Suporta sistema operacional servidor.

E então, percebemos que o Windows Intune mantém um foca mais restrito para algumas funcionalidades apenas, mas em compensação oferece grande benefícios como a console Web e a possibilidade de atualização para Windows 7. No próximo artigo iremos entrar, finalmente, em alguns detalhes mais técnicos sobre esta solução.

Obrigado pela leitura e até a próxima publicação,

Abraços.

Cleber Marques

http://msmvps.com/blogs/clebermarques/archive/2010/09/03/windows-intune-parte-02-benef-237-cios-do-intune.aspx

Windows Intune: Parte 01 – System Center Online

O Windows Intune (Intune) é a mais nova solução da Microsoft oferecida através do Windows Cloud Services, e nesta série de artigos eu pretendo explorar um pouco cada uma das funcionalidades do Intune, mostrando para vocês do que ele é capaz. Desde que comecei a trabalhar com o Intune, na época de seu desenvolvimento, muitas coisas mudaram até aqui, começando pelo nome, que antes era chamado apenas por System Center Online Desktop Manager, até a adição de novas funcionalidades e método de funcionamento. Eu particularmente gosto muito quando um produto leva em seu nome um System Center, mas neste caso Intune ficou mais SMART e receptível.

· O que faz o Intune? Ele entrega gerenciamento e segurança baseados na nuvem, funcionalidades que são administradas através de uma simples console web, possibilitando a sua TI gerenciar computadores através de qualquer lugar.

· Quem deve usar o Intune? Empresas sem alguma infraestrutura de gerenciamento (como o SCCM, por exemplo), empresas com funcionários que trabalham de forma móvel e distribuída, pois o Intune garante uma melhor proteção e conformidade ao mesmo tempo em que mantém a produtividade de cada usuário.

A Microsoft tem planos de oferecer o Windows Intune de forma comercial já em 2011, mas por enquanto está oferecendo o Beta 2, para algumas empresas residentes no Canadá, France, Alemanha, Irlanda, Itália, México, Porto Rico, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos. Atualmente esta fase Beta esta fechada para apenas 10.000 empresas, caso a sua se enquadre nesta situação basta acessar o site e se inscrever.

Inicialmente o Intune é destinado a empresas de pequeno e médio porte, algo entre 25 e 500 computadores, mas durante esta fase Beta o Intune poderá gerenciar apenas 25 computadores do seu ambiente, para testar o produto mesmo. Porém com o início de sua comercialização o Windows Intune não possuirá um número máximo de computadores, até então, definido pela Microsoft, isso será muito bom para empresas de qualquer tamanho e, é claro, para prestadores de serviços também, mediante a assinatura do Microsoft Online Services Partner Agreement (MOSPA). Estima-se que cada licença do Intune custará em torno de 11 dólares por computador/mês, podendo ser adquirida através de algum parceiro Microsoft ou dos programas de licenciamento Microsoft Enterprise Agreement (EA) e Campus Agreement and School Agreement (CASA). A assinatura do Intune será anual, mas o pagamento será mensal, haverá possibilidades de desconto no valor para compras acima de 250 licenças e para empresas que já possuem um contrato de Software Assurance (SA).

E ainda, um dos maiores benefícios de adquirir o Windows Intune, além do gerenciamento centralizado, é que a empresa terá o direito de atualizar o Windows de cada computador gerenciado pelo Intune para o Windows 7 Enterprise (desde que o computador tenha capacidade física para o Windows 7), isso mesmo, este benefício já virá incluído no pacote, e estará ativo enquanto a empresa mantiver a licença do Intune, ou seja, atualização (ou downgrade) permitida até para as futuras versões do Windows. Mas que fique bem claro, o Windows Intune não realiza a distribuição de sistemas operacionais, apenas permite de forma legal a atualização do Windows em computadores gerenciados com ele. Para realizarmos a atualização de sistemas operacionais temos algumas tecnologias da Microsoft, como o System Center Configuration Manager (SCCM) e até o Microsoft Deployment Toolkit (MDT).

Para o próximo artigo vamos entender um pouco mais sobre algumas questões pertinentes aos Windows Intune e seu funcionamento, e em breve teremos uma abordagem mais técnica sobre o produto.

Obrigado pela leitura e até a próxima publicação,

Abraços.

Cleber Marques

http://msmvps.com/blogs/clebermarques/archive/2010/09/03/windows-intune-parte-01-system-center-online.aspx

Webcast Windows Intune

Olá pessoal,

Segue alguns Webcasts de Windows Intune que teremos:

· Selling Windows Intune for Scale Resellers (22/02)https://training.partner.microsoft.com/learning/app/management/LMS_ActDetails.aspx?UserMode=0&ActivityId=728289

· Windows Intune: The Opportunity for Channel Developers (01/03)https://training.partner.microsoft.com/learning/app/management/LMS_ActDetails.aspx?UserMode=0&ActivityId=728740

· Windows Intune Licensing (01/03)https://training.partner.microsoft.com/learning/app/management/LMS_ActDetails.aspx?UserMode=0&ActivityId=728738

· Selling Windows Intune for LARs (08/03)https://training.partner.microsoft.com/learning/app/management/LMS_ActDetails.aspx?UserMode=0&ActivityId=728712

E também: Conheça o Windows Intune em 5 partes http://bit.ly/fUkxBD

Fernando Andreazi