Arquivo da categoria: Office 365

SAVE THE DATE: Semana do Office 365…

Olá pessoal,

Dos dias 20 a 24 de Março teremos a Semana do Office 365, com participação dos MVPs de Office 365, Sara Barbosa, Diogo Heringer, Alvaro Rezende, Bruno Lopes e Fernando Andreazi e também os especialistas no produto Thiago Lima, Ana Santoliquido, Rodrigo Lopes, Fabiano Araujo e Alicino Kerches. Ao todo são 10 especialistas, um super time para levar as mais recentes novidades do Office 365.

Teremos em uma semana 10 sessões de Office 365, não perca! Salve na sua agenda.

Em breve mais informações do evento.

Fernando Andreazi

Disaster Recovery com custo acessível para todas as empresas

Escolhi começar esse artigo com um número que fala por si só: 72%. Você sabia que das empresas que tiveram grande perda de dados nos últimos anos, 43% fechou as portas e 29% não resistiu aos dois anos seguintes? Esses 72% representam o porquê de um plano de contingência ser necessário em todos os tipos de negócio.

Está tudo bem com a sua empresa? Pois então, esse é o melhor momento para cuidar dela, quando está tudo bem. Para isso existe o Disaster Recovey – Recuperação de desastres, em tradução livre – que envolve a replicação de um ambiente, um conjunto de políticas e procedimentos para recuperar ou ao menos dar continuidade à infraestrutura de TI e sistemas vitais de uma empresa. As causas podem se desde um desastre natural, como um alagamento, como algo provocado pelo homem, como foi o caso das Torres Gêmeas, em 11 de setembro.

(Inclusive, nessa trágica ocasião, muitas empresas perderam tudo. Tudo mesmo, além do espaço físico. Perderam os dados, pois suas soluções de DR (Distaster Recovery) estavam na outra torre. Como as duas caíram, tudo foi pelos ares, literalmente).

Onde eu quero chegar?

Pois bem, como toda história, existem os dois lados. Por isso, eu não poderia simplesmente falar de Disaster Recovery sem comentar os seus “malefícios” da versão tradicional, a começar pelo fato de que: não, ele não é financeiramente acessível para qualquer empresa. Poucas vezes o custo de manter dois ou mais ambientes físicos, especialmente em locais mais remotos, compensa para micro, pequenas e médias empresas.

Nos casos de grandes empresas em que ele compensa e que a empresa o mantém, é comum ainda assim encontrar problemas como despreparo da equipe de TI quando há uma falha crítica no sistema; ambiente custoso e especialmente ocioso; testes complexos de fail over e fail back; altos custos de conectividade entre os ambientes; pouca documentação disponível, atual e abrangente sobre os processos de automação, entre outros.

Ou seja, estamos falando de um ambiente extremamente complexo. Um ambiente custoso e que hoje poucas empresas possuem devido a essas características. Imagine uma empresa de 20 servidores, com 50 funcionários… ela não tem como fazer esse DR. É financeiramente inviável para ela, não vale a pena. Muitas vezes vale mais fazer um backup dos dados (que é bem diferente do DR) e, se o ambiente explodir, construir outro.

Entretanto existem hoje muitas empresas desse mesmo porte, empresas que tem baixo contingente de pessoas, mas que rodam aplicações extremamente críticas para o seu negócio. E eles precisam sim ter um plano de Disaster Recovey. São startups e outros vários exemplos como o Uber, o Whatsapp, etc. e neste caso estamos falando de empresas de bilhões. Assim, o DR se torna uma necessidade real de todos os negócios.

Mas, o outro lado da história é que existe solução tanto para tornar esse custo mais acessível quanto solucionar problemas de gap. O DR na nuvem é justamente o contraponto de todas essas dores que a gente está falando aqui agora. E é aí que eu quero chegar…

A solução está “acima de nossas cabeças”

Costumo brincar que o DR na nuvem é a inclusão digital do DR. Há anos se iniciou a inclusão digital com o PC, depois o Windows starter. Agora temos a inclusão digital do DR, pois ele ficou barato na nuvem. E na nuvem, ele consegue atingir apenas aquelas aplicações que eu quero proteger, se tornou um DR granular e o custo é ajustado de acordo com a minha necessidade.

Então, está aí o primeiro benefício: Otimização de custo.

Outros são:

– Facilidade: Consigo trabalhar num ambiente de DR de uma forma isolada. Assim, orquestrar melhor esse teste de fail over e fail back, porque eu consigo fazer isso com serviços isolados e eu subir aquele ambiente dentro de um período temporário apenas para fazer os testes. Depois eu consigo reorganizar a minha estrutura de DR. Eu não dependo de ambiente físico, de rede, de histórico, de local etc.

– SLA mais agressivos: Com essa facilidade de testes, eu ganho também SLA mais agressivos. Como eu posso fazer de maneira mais rápida, ele se torna mais agressivo para colocar um ambiente no ar.

– Segurança: Ela existe em toda essa estrutura, porque as conexões são criptografadas e com isso eu garanto a segurança nessa transição dos dados de ambiente local para o ambiente de nuvem. Quando os dados saem da minha organização local e vão para a nuvem, eles estão criptografados. E mais do que isso: eu tenho replicação geográfica com os Datacenters em nuvem. Então, eu não tenho problema de ter um desastre no datacenter de origem, porque esses datacenters já são geograficamente replicados. Isso me traz maior segurança e a garantia que esses dados terão continuidade de negócios.

– Está de acordo com a legislação: Existe uma lei que basicamente obriga os dados a estarem no território nacional. E eles estarão! Dentro de um datacenter do Brasil, com replicação geográfica para outros países como Estados Unidos.

– Automação de processos:  Por trás de todos esses benefícios da nuvem existe a automação. É possível criar um processo que me diga exatamente o que fazer diante de uma situação de desastre. Um exemplo é que se o sistema de SQL cair eu tenho um processo automatizado que vai fazer com que esse servidor seja iniciado lá na nuvem.

– Baixo custo em estrutura: Muitos gestores pensam que ao subir um ambiente na nuvem, ele vai consumir máquinas virtuais com dados replicados lá na nuvem e isso terá custos altos. Acontece que quando todo esse processo de DR é feito, principalmente no caso do Microsoft Azure, essas máquinas virtuais estão todas desligadas, mesmo replicando dados do ambiente local para nuvem. Esses dados estão sendo armazenados, mas somente se ocorrer o processo de falha e for necessário startar o DR é que essas máquinas serão ligadas.

Em resumo, os benefícios realmente são muitos. O DR na nuvem só deixa a desejar para empresas que precisam de um tempo de replicação quase zero. Que ao cair de um lado precisa do outro em 30 segundos. No mais, vai atender a tudo e todos.

Mas é claro que para toda essa implementação, o seu negócio precisa de uma consultoria, um parceiro, que entenda do processo de ponta a ponta – e muito bem. Essa é a cereja do bolo, o grande segredo, e o que fará com que todo o processo de DR seja menos custoso. É preciso identificar as necessidades; customizar as soluções de acordo com elas; escolher, ponderando custo x benefício; e então, implantar.

E a partir daí? Como dizem, “só alegria”. Faça chuva ou faça sol, literalmente.

Fernando Andreazi

RED CAST: Segurança corporativa aos usuários da sua empresa com o Office 365

Você sabia que o Microsoft Office 365 já foi elaborado para atender às necessidades corporativas de segurança e utilização de dados, mas provavelmente você ainda não as utiliza?

Configurar políticas e habilitar serviços que otimizem essas condições é uma parte importante da administração do Office 365. Para estabelecer um ambiente de trabalho seguro e conforme que atenda aos requisitos da sua organização, neste RED CAST você irá aprender mais sobre princípios de segurança e conformidade, como proteger seus dados e como lidar com a mobilidade dos usuários e suas informações.

Se a sua empresa tem Office 365, não perca este RED CAST.

Inscreva-se em: https://www.eventials.com/redcast/seguranca-corporativa-aos-usuarios-da-sua-empresa-com-o-office-365/

Fernando Andreazi

Ignite 2016 Slidedeck e vídeos

Olá pessoal,

Não foi no Ignite 2016? Não tem problema, faça o download de todas as apresentações e vídeos do evento acessando o seguinte link: https://gallery.technet.microsoft.com/Ignite-2016-Slidedeck-and-296df316.

Importante dizer que o arquivo baixa, nada mais, nada menos que 1445 vídeos e Slides, ou seja, prepare o espaço em disco.

Caso você queira apenas os slides, basta alterar a variavel $DownloadVideos= $true para $DownloadVideos= $False ou também fechar a tela do youtube-dl.exe. Para garantir eu fiz os dois e baixei apenas os slides.

Bom download!

Fernando Andreazi

Office 365 Day v4 Como foi?

image

  O Office 365 Day chega a sua quarta edição e o melhor: Sempre repleto de novidades!!!

Na ultima quinta-feira, 15 de Setembro realizamos o Office 365 Day na sede da Microsoft Brasil em São Paulo.

Nesta edição contamos com o apoio da SoftwareONE Brasil (Conheça mais sobre a SoftwareONE) e do Baboo. O Baboo gravou todo o evento e vai disponibilizar em breve em seu portal.

Desta vez levamos uma agenda que foi desde como criar soluções com o Office 365 a uma analise completa da segurança do seu ambiente.

Esta abrangência possibilitou que todos participantes conseguissem visualizar oportunidades de negócio, aprender sobre as funcionalidades do Office 365 e o Office 2016 e verificar que precisamos e muito configurar nosso ambiente para que estejamos realmente seguros. Sem falar da palestra altamente técnica que ensinou como fazer o Deployment de um AD Connect e fazer toda a parte de troubleshooting.

Iniciamos com um vídeo bem interessante sobre Cloud e o Futuro!

Abertura Office 365 Day

Tivemos um Keynote com a Fernanda Saraiva – MVP Lead que lidera todos os MVPs do Brasil, ela passou uma mensagem sobre como funciona o engajamento com a comunidade técnica Microsoft e as estratégias para o novo ano fiscal.

IMG_3458IMG_3474

Detalhes sobre MVP no site do programa: https://mvp.microsoft.com/pt-br/

A primeira palestra foi de Felipe Moreno e Alvaro Rezende falando sobre “Empacotamento de Negócios do com Office 365” onde foi demonstrado em números o ecossistema do Office 365. Eles mostraram diversos casos de sucesso de empresas que já desenvolvem para o Office 365 e também como parceiros e IT Pros em geral podem criar ofertas customizadas de suporte, workshops e serviços gerenciados.

 

imageimage

 

Na sequencia tivemos o Eduardo Taka mostrando muitas novidades do Office 2016.

Ele ensinou pra galera como usar os recursos do OneNote de maneira eficaz! Varias dicas legais, não deixem de conferir o vídeo da palestra no Baboo J

O Taka demonstrou o Planner (Conheça o Planner)na pratica como gerenciador de tarefas e pequenos projetos. Ele fez uma demonstração do Planner juntamente com o Outlook! Sensacional!!!

 

imageimage

 

E por fim ele mostrou o GigJam. Confere no vídeo o que ele faz:

 

E agora chega o Alvaro Rezende juntamente com Diogo Heringer falando sobre as possibilidade com Azure AD-Connect.

Ministrando literalmente uma aula sobre o tema, os especialistas na solução mostrarão os diversos benefícios de ter as identidades do AD local replicadas para a nuvem e como isso pode impactar diferentemente na gestão e governança de TI. Com um ambiente de demonstração eles instalaram e configuraram o AD-Connect e tiraram diversas duvidas do publico em geral.

 

imageimage

 

A Sara Barbosa (MVP para Office 365) e Marcos Freccia (MVP para SQL Server) uniram suas expertises e realizaram uma palestra incrível demonstrando todo o poder do PowerBI.

Com uma explanação bem bacana dos recursos disponíveis e muitos exemplos de uso, eles conseguiram chamar a atenção do publico com alguns Dashboards bem completos que na mão dos executivos da empresa iriam fazer toda a diferença na tomada de decisões.

 

image IMG_3512IMG_3568

 

Ao fim da fantástica sessão de BI, fomos almoçar!

Retornando do almoço, Fernando Andreazi e Felipe Moreno voltaram para falar sobre Segurança Corporativa usando Office 365 e EMS (Enterprise Mobility + Security).

Eles iniciaram fornecendo exemplos de como a mobilidade, BYOD, Desktop como um serviço irão se tornar realidade dentro das empresas e que o time de tecnologia precisa manter o ambiente e os devices seguros, pois neles estão os dados da companhia, seja email ou arquivos.

Com algumas DEMOS do Azure Information, Azure AD Premium e Cloud App Security eles demonstraram todo o poder das ferramentas presentes no EMS.

 

imageimage

 

Agora vem uma palestra muito interessante para qualquer profissional que usa o Office 365.

Alvaro Rezende e Fernando Andreazi discutiram sobre os diversos pontos de segurança presentes no Office 365, porém fizeram uma demonstração de chamar a atenção sobre o Office 365 Secure Score.

O Secure Score, ainda em preview, demonstra pra você qual o nível de segurança do seu ambiente do Office 365. Isso é extremamente importante e necessário para qualquer administrador de ambiente. Através de uma analise, o Secure Score devolve qual o nível de segurança do seu ambiente Office 365 e fornece dicas de como aumentar ou solucionar eventuais problemas. Não deixem de conferir!!!

imageimage

 

Por fim, chegam Diogo Heringer, Bruno Lopez e Rodrigo Lopes para uma das palestras mais esperadas do evento: Estratégias de Deploy e Troubleshooting com Office 365. Eles destrincharam todas as estratégias de deploy, mencionaram como resolver eventuais problemas, responderam inúmeras questões do publico e literalmente elevaram muito o nível do evento com dicas e truques. A galera gostou muito da abordagem técnica e consultiva dos três especialistas. Eles literalmente deram um show de conhecimento. Esta é uma palestra para assistir na integra no site do Baboo.

imageimage 

Ao final do evento, fizemos um sorteio diferentes, utilizamos o site Kahoot.It onde os participantes responderam diversas questões sobre as palestras. Foi uma brincadeira muito legal que no final premiou 5 participantes com diversos brindes.

image 

E assim terminou mais um Office 365 Day! Agradecemos muito a todos os participantes por dedicarem e compartilharem um dia inteiro conosco para ouvirem sobre as novidades do Office 365!

Em breve teremos muitas novidades de mais Office 365 Days por ai e também uma surpresa muito legal para a galera do Azure! 😉 Fiquem ligados!!!

Abraços,

Time Office 365 Day

RED CAST: Como aproveitar a TI para o Desenvolvimento Humano

O trabalho do RH é o de cuidar das pessoas, desde a seleção dos colaboradores, passando por capacitação e conduta e vai até o engajamento e socialização de quem trabalha na empresa.

Para deixar todos esses processos mais fluidos e eficientes, vamos demonstrar neste RED CAST como soluções tecnológicas que prezam pelo controle e produtividade, podem contribuir na visibilidade, eficiência e melhora nos processos na gestão de RH.

Confira o nosso RED CAST em: https://www.eventials.com/redcast/como-aproveitar-a-ti-para-o-desenvolvimento-humano/

Fernando Andrezi

red.Cloud utiliza Microsoft Planner e otimiza comunicação da equipe

O Microsoft Planner, ferramenta que faz parte do Office 365,  facilita a comunicação e colaboração do seu time permitindo criar planos de trabalho, organizar e delegar tarefas, compartilhar documentos, acompanhar atividades de todo o time e visualizar em tempo real do status das atividades.

Além de ajudar na colaboração do times de trabalho, o Planner também pode ser usando para gerenciar tarefas de eventos, campanhas de Marketing, brainstorm sobre novas ideias, discussão de projetos, acompanhamento de oportunidades comerciais entre outras opções. Seja criativo!

Introducing-Office-365-Planner-4-1024x511

Após adotar o Planner como a ferramenta de gerenciamento de atividades, a red.Cloud melhorou muito a comunicação do time em relação as atividades diárias de cada profissional. Hoje toda tarefa delegada ao time é inserida e acompanhada no Planner, dando visibilidade gerencial e também ao time das tarefas dos demais colegas de trabalho.

Quer conhecer melhor o Planner? Entre em contato.

https://www.linkedin.com/pulse/redcloud-utiliza-microsoft-planner-e-otimiza-da-equipe-andreazi?trk=mp-reader-card

Fernando Andreazi