Arquivos do Blog

Cloud computing como escolha natural

Olá pessoal,

Confira aqui o artigo da InformationWeek sobre Cloud Computing.

Ao longo dos últimos dois anos, a computação em nuvem se tornou o principal elo entre todas as outras tendências que precederam a forma como as empresas fazem negócios. Para Suzanne Johnson , vice-presidente de marketing da Akamai para as Américas, cloud computing será, cada vez mais, uma escolha natural do mercado nos próximos anos. O principal motor da afirmação da executiva é a forma como a tecnologia da informação tem se comportado em sua evolução, sendo fonte principal da alimentação dos processos de continuidade dos negócios.

Nas entrelinhas desse processo evolutivo está, claro, a internet, a o gigantesco fluxo de dados que trafega e só aumenta dia após dia.

“Nosso lema sempre foi disponibilizar informação em qualquer lugar, dispositivo ou plataforma, e essa se tornou uma máxima do mercado. Com essa alavancagem das necessidades por valor de dados e rápida entrega de respostas, a máxima se tornou uma forma padrão de pensamento”, ressalta a VP.

Essa mescla entre cloud computing e internet é a real hiperconexão dos negócios, explica Suzanne, e, conforme as necessidades por mais tecnologia começa a se estender entre os diferentes departamentos das companhias, mais os CIOs pensarão em computação em nuvem.

“É clichê, mas é verdade: a nuvem tira toda a carga da infraestrutura das costas do departamento de TI e leva a agilidade para toda a cadeia de negócios, contando com todas as regras necessárias e perenes a cada empresa. Qual o motivo de receio?”, questiona.

Obviamente, veremos uma curva de adoção acelerada dos ambientes de nuvem privada, porém a VP da Akamai apresentou alguns bons números que servem de argumento para acreditar também na explosão da adoção de nuvens públicas. Usando dados da Forrester, a executiva mostra que em 2015 os gastos com public cloud chegarão a US$ 97 bi e em 2020 alcançará US$ 159,28 bilhões em todo o mundo.

No Brasil, a Akamai vê o e-commerce como um dos maiores motores de crescimento na adoção da nuvem, devido às capacidades de elasticidade e acesso que o ambiente em cloud proporciona para companhias, podendo, por exemplo, receber aumento do fluxo de acesso em mais de 50% num período de festas, tendo certeza de que a experiência da compra se mantenha linear, sem danos para o usuário e cliente. “O e-commerce B2C deve crescer em 178% até 2016, chegando ao montante de US$ 22 bilhões”, afirma Suzanne, usando uma projeção da Internetretailer.com. Em âmbito global, de acordo com o Goldman Sachs, os gastos com e-commerce devem chegar a US$ 2,5 trilhões em 2020.

“O fato é que as empresas devem começar a pensar em facilitar os processos e acelerar o desempenho de seus departamentos por meio do uso da tecnologia, então é o momento de adotar plataformas que viabilizem e otimizem a nuvem”, diz. “Os números apontam para um cenário que só será possível com a compreensão da proposta de cloud computing e de como levar o negócio para lá. Certamente os benefícios se mostrarão muito rapidamente.”

Fonte: http://informationweek.itweb.com.br

 

Fernando Andreazi | Cloud Specialist

MVP Office 365     Siga Fernando Andreazi no twitterLinkedin Fernando AndreaziCurta FernandoAndreazi no Facebook